Quantcast
Sustentabilidade

ESG são a prioridade nº1 das empresas e representam 10% dos investimentos

Um estudo global, que envolveu mais de 1491 executivos em 16 países, realizado pelo The Harris Poll para a Google Cloud, revelou que as políticas de sustentabilidade, sociais e de governança (ESG) tornaram-se a prioridade nº1 das empresas e já representam 10% dos investimentos. Apesar disso, as empresas não têm ainda ferramentas de medição do impacto destas políticas ESG.

Segundo explicado num post assinado por Justin Keeble, Managing Director of Global Sustainability na Google Cloud, 80% dos executivos dão à sua organização uma classificação acima da média pelos seus esforços de sustentabilidade ambiental. Já um número ligeiramente superior (86%) acredita que os seus esforços estão a fazer a diferença nos avanços de sustentabilidade.

 

Relativamente à medição dos impactos, apenas 36% dos entrevistados revelaram que as suas organizações possuem ferramentas de medição e só 17% estão a usar estas medições para otimização baseada em resultados.

Mais de metade (58%) concorda que existe uma espécie de hipocrisia verde e que a sua organização pode ter sobrestimado os seus esforços de sustentabilidade, com executivos em Serviços Financeiros e Cadeia de Abastecimento/Logística com a maior admissão em 66% e 65%, respetivamente. Aproximadamente dois terços (66%) questionaram o quão genuínas são algumas das iniciativas de sustentabilidade da sua organização.

 

Na área da Cadeias de Abastecimento/Logística, 74% dos executivos concordarem que querem avançar nos esforços de sustentabilidade, mas não sabem como realmente fazê-lo. No retalho esse valor é de apenas 54%. No geral, situa-se nos 65%.