Quantcast
call centers

IDC Portugal revela vencedores dos IDC CIO Awards 2015

IDC Portugal revela vencedores dos IDC CIO Awards 2015

A IDC Portugal já revelou os vencedores da quinta edição do Prémio IDC CIO Awards, iniciativa criada para distinguir projetos nas áreas da tecnologia de informação e comunicações com impacto no negócio das organizações nacionais.

Os dez melhores projetos tecnológicos nacionais pertencem ao Banco Santander Totta (Projeto de transformação do processo tradicional de venda de contas de depósito à ordem), à Direcção-Geral do Orçamento (Projeto de business intelligence orçamental da Direção Geral do Orçamento – BIORC),à  eSPap – Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública (Projeto de Serviços Partilhados de PMO), à Fidelidade Companhia de Seguros (Plataforma de suporte ao negócio e aos processos de trabalho da linha de negócio de peritagens automóveis), à Galp Energia (Sistema de Gestão de Ativos na Distribuição de Gás Natural), ao Grupo EFACEC (Portal PMO), ao Instituto de Informática (Projeto Signal – Big Data aplicado à deteção de padrões), ao Instituto Português de Oncologia do Porto (Projeto IRA de analítica de negocio), à Junta de Freguesia da Estrela (Sistema de Gestão Territorial) e à Via Directa (Projeto OK! Drive You).

 

O júri atribuiu ainda cinco menções honrosas aos projetos apresentados pelo ActivoBank (Projeto Paperless para otimização e desmaterialização do processo de abertura de conta), Agência para a Modernização Administrativa (Projeto Espaços Cidadão), Autoridade Tributária e Aduaneira (Medidas Simplex), Centro Hospitalar Cova da Beira (Projeto E-Patologia) e Lusitânia Seguros (Projeto de aplicação de agilidade comercial).

Para a 5ª edição do prémio IDC CIO Awards, a IDC foi consultada por mais de 300 organizações e foram submetidos mais de 200 projetos e nomeados 71, correspondentes a investimentos superiores a 20 milhões de euros.

 

De acordo com Gabriel Coimbra, Diretor Geral da IDC Portugal, “é com muita satisfação que vemos organizações portuguesas, públicas e privadas, a investirem e a criarem vantagens competitivas com soluções tecnológicas da 3ª plataforma, principalmente em termos de BI/Big Data, Mobilidade e Cloud Computing. É de salientar também que mais de dois terços dos projetos foram submetidos pelas áreas de negócio (gestão de topo, marketing, vendas, compras, etc), o que evidencia maturidade e a importância crescente do trabalho conjunto entre o CIO e áreas de negócio, de forma a conseguirem obter o maior retorno possível dos investimentos em tecnologia.”

Os projetos foram avaliados segundo o nível de inovação; retorno do investimento e a capacidade de melhorar e otimizar processos de negócio; inovar e criar novos produtos e serviços; desenvolver áreas de negócio; aumentar produtividade e efetividade dos colaboradores; atrair e reter clientes; expandir a utilização da informação e melhorar o processo de decisão.

 

A decisão de atribuição dos prémios coube a um painel de jurados composto por Bruno Horta Soares (Founder & Senior Advisor, Governance Advisors, as-a-Service), Carlos Marçalo, (Diretor do Jornal Semana Informática), Fernando Bação (Professor ISEGI-UNL), José Tribolet (Professor IST e Presidente INESC), Pedro Veiga (Professor Catedrático do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e à equipa de research da IDC Portugal.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever