Sustentabilidade

Multinacionais comprometem-se a reduzir utilização de plástico

Multinacionais comprometem-se a reduzir utilização de plástico

Centenas de organizações com a Coca-Cola, a Inditex, a Henkel e a Danone assinaram esta segunda-feira (29 de outubro) um acordo, na Indonésia, em que se comprometem a reduzir a sua utilização de plástico e a promover a reciclagem. O ‘Compromisso Global da Nova Economia do Plástico’ é liderado pela Fundação Ellen MacArthur, em colaboração com a ONU Meio Ambiente, e conta com signatários do retalho, da produção, governos e ONG’s que pretendem criar “uma nova realidade” para as embalagens plásticas.

O acordo foi assinado por mais de 250 organizações e define metas como “eliminar embalagens plásticas problemáticas ou desnecessárias e migrar de modelos de uso único para modelos de reutilização”; “inovar para garantir que 100% das embalagens plásticas possam ser reutilizadas, recicladas ou compostadas com facilidade e segurança até 2025”; e “circular o plástico produzido, aumentando significativamente a quantidade de plásticos reutilizados ou reciclados e transformados em novas embalagens ou produtos.”

Este acordo surge dias depois do Parlamento Europeu ter aprovado uma proposta para banir a utilização de plásticos descartáveis em todos os Estados-Membros, nomeadamente sacos, palhinhas, produtos de plástico oxodegradável e recipientes para alimentos e bebidas de poliestireno expandido.

De acordo com a Reuters, a proposta pretende colocar a responsabilidade de reciclagem nas mãos da indústria, reforçando a estratégia recentemente anunciada pela Comissão Europeia para proibir a utilização de seis produtos de plástico descartável.

Conheça todos os signatários deste compromisso aqui.