Quantcast
Retalho

Vista Alegre cresce 8,2% no segundo semestre de 2020

Capturar

O Grupo Vista Alegre anunciou, esta quinta-feira, 7 de janeiro, um crescimento de 5,1 milhões de euros (+8,2%) no 2.º semestre de 2020, em comparação com o período homólogo.

Em comunicado, a empresa de adianta que no mês de dezembro “o volume de negócios foi de 11,4 milhões de euros”, o que representa uma diminuição face ao mesmo mês de 2019, de 18,2% (-2,5 milhões de euros). Esta quebra deve-se ao “agravamento da situação pandémica” e ao “decretar de novos estados de emergência com medidas de confinamento e restrição de horários de comércio”.

Relativamente às vendas online, estas registaram um crescimento de 162%, em comparação com o mês dezembro de 2019, “compensando parcialmente a quebra no canal de retalho com as vendas nas lojas a decrescerem 16% face a igual período do ano anterior”, explica.

“O canal Private Label foi o mais prejudicado neste mês de dezembro, tendo registado um decréscimo de 17% face a igual mês do ano anterior”, lê-se no mesmo comunicado.

Em termos acumulados, o Grupo Vista Alegre atingiu, em dezembro, um volume de negócios no valor de 110 milhões de euros, o que representa uma quebra de 8,1% relativamente ao mesmo período de 2019.