E-commerce

KuantoKusta defende fim das barreiras alfandegárias

KuantoKusta defende fim das barreiras alfandegárias

O KuantoKusta (KK) defendeu, recentemente, a implementação das regras multilaterais do comércio eletrónico propostas pela Comissão Europeia e que estiveram em debate numa reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra, na Suíça.

Para a empresa liderada por Paulo Pimenta, a criação de regras que ajudem a regular o comércio online é uma mais valia, não só para criar mecanismos que protejam o vendedor e o consumidor, como para quebrar barreiras alfandegárias.

“Manter as barreiras alfandegárias não faz qualquer sentido e cria obstáculos que fazem com que o valor do artigo seja aumentado devido aos custos alfandegários e, fazem com que a expedição seja muito mais demorada e, em alguns casos, que seja mesmo impossível”, afirma Paulo Pimenta, CEO do KuantoKusta.

Perante outra das regras propostas, referente à validação da garantia dos contratos e assinaturas eletrónicas, o mesmo responsável afirma que a mesma vai tornar os negócios de plataforma online muito mais facilitado.

“Até hoje, era curioso que para se tratar de questões de transações, fosse necessária a assinatura em papel de mais de uma cópia de contrato, que teria que ser enviado por correio para assinatura e depois novamente devolvido. Agora, as transações poderão ser feitas através de um simples clique”, reforça o mesmo responsável.

“A implementação de regras multilaterais do comércio eletrónico é a afirmação deste modelo e a concretização de que veio mesmo para ficar”, remata Paulo Pimenta.