Retalho

KuantoKusta entra no retalho alimentar em 2020

KuantoKusta entra no retalho alimentar em 2020

O KuantoKusta (KK) vai entrar no negócio do retalho alimentar já no início do próximo ano, com o objetivo de possibilitar aos seus clientes a integração de todos os produtos das diferentes superfícies comerciais a operar em Portugal, refere a empresa em comunicado de imprensa.

O objetivo da empresa liderada por Paulo Pimenta é permitir que os clientes KK possam adquirir diferentes produtos exclusivos de algumas cadeias de distribuição num só cesto, numa só entrega forma e sem deslocações, afirmando o CEO da empresa que “há muito que estamos a estudar e a preparar esta possibilidade num setor em crescimento constante e de enorme potencial para o nosso marketplace”.

O segmento “supermercados” do KK vai deixar, assim, de ser um mero comparador de preços para passar a integrar o modelo de negócio Marketplace, criado em novembro de 2018 e que conta, até ao momento, com 160 lojas e 100 encomendas diárias.

Paulo Pimenta já definiu o objetivo do marketplace superar as 1.000 encomendas/dia e aumentar o número de lojas para 500 já a partir de outubro de 2019.

O nosso objetivo é chegar ao final deste ano com o marketplace a representar 50% da faturação da empresa – ainda muito suportado pelo negócio da comparação de preços – e que, em 2022 esse valor represente já 80%, graças também ao retalho alimentar”, sublinha o mesmo responsável.

Recorde-se que a empresa comemorou 14 anos a semana passada, é líder em Portugal na comparação de preços e, com a integração do marketplace em 2018 o número de visitas foi de 34 milhões, o que representa um aumentou de 20%, e o número de colaboradores duplicou para 42 em 6 meses, mantendo uma dinâmica de contratação mensal em diferentes áreas de atividade.