Tecnologia

Huawei investe 44,1 M€ para desenvolver soluções ‘tech’ para o retalho

Huawei investe 44,1 M€ para desenvolver soluções ‘tech’ para o retalho

A Huawei anunciou esta sexta-feira (9 de novembro) que pretende investir cerca de 44,1 milhões de euros para criar três OpenLabs na Europa que se dediquem a desenvolver soluções de Smart Manufacturing, IoT e Smart Cities para o retalho e indústria automóvel.

Ernest Zhang, Presidente da Huawei Enterprise Business Group na Europa Ocidental, explica que “até ao momento, a Huawei já construiu dois OpenLabs em Munique e Paris. O primeiro foca-se em Smart Manufacturing e Smart Cities, enquanto o segundo incide nos negócios de IoT, para o sector automóvel e retalho. Até ao final de 2018, a Huawei completa a expansão do OpenLab em Munique. No final de 2021, haverá três Huawei OpenLabs na Europa, com um investimento total de 50 milhões de dólares.”

A tecnológica pretende utilizar estes laboratórios para codesenvolver inovações voltadas para o futuro com clientes e parceiros europeus nas áreas de Smart Manufacturing, IoT e Smart Cities. A empresa fornecerá ainda plataformas de TIC para ajudar os parceiros locais a testar, confirmar e otimizar as soluções.

Além disso, Ernest Zhang reforça que “a Huawei também vai trabalhar com parceiros para desenvolver conjuntamente a solução do setor e explorar o mercado. Acreditamos que o OpenLab também proporcionará um excelente ambiente de treino e experimentação para novas soluções.”

Em agosto deste ano, a empresa já tinha revelado a intenção de aumentar o seu investimento anual em Investigação & Desenvolvimento (I&D) para cerca de 17,5 mil milhões de euros. Em comunicado, a empresa tecnológica revelava que pretende “criar uma experiência de consumo de qualidade através de inovações à escala mundial, como por exemplo, integrar num smartphone uma câmara Leica Triple”.