Retalho

Fnac Darty termina 2018 com resultados de 296 M€

Fnac Darty termina 2018 com resultados de 296 M€

O Grupo Fnac Darty encerrou o ano fiscal de 2018 com um resultado operacional de 296 milhões de euros, um crescimento de 10% face ao período homólogo. Em comunicado, a companhia revela que o e-commerce representa já 19% das receitas totais do grupo, com crescimentos a dois dígitos em todas as áreas geográficas em que o retalhista marca presença.

A empresa diz ainda que a estratégia da Fnac Darty passa “pelo reforço e aperfeiçoamento da experiência do cliente e pelo desenvolvimento digital dos seus serviços, fortalecendo o seu modelo omnicanal.”

Neste âmbito, em 2018 a empresa lançou um serviço ‘click & collect 1h’, que permite encomendar online e levantar a compra em loja numa hora. No final do ano foi ainda lançado o primeiro teste do serviço ‘Pay & Go’, uma solução que permite o pagamento através do telemóvel, sem necessidade de passar pela caixa. Com estas apostas, “as vendas omnicanal representam agora 49% das vendas online”, segundo a Fnac Darty.

Península Ibérica cresce ‘à boleia’ de novas lojas

Na Península Ibérica, o volume de negócios do retalhista cresceu cerca de 4,5%, uma evolução que foi alavancada “pela abertura de novas lojas bem como pelas vendas em todas as áreas de negócio.”

Para este crescimento contribuiu ainda a aposta na diversificação da oferta, nomeadamente com o reforço de áreas de negócio como a Fnac Home, e o reforço de gama dentro de outras categorias.