Preços

A mesma cesta custa na Suíça 141€, em Portugal 48€

A mesma cesta custa na Suíça 141€, em Portugal 48€

O preço dos alimentos na Europa está a regista uma rápida taxa de subia, de acordo com os autores de uma nova pesquisa que identifica os lugares mais caros para comprar mantimentos na região.

O custo dos alimentos na Europa aumentou 2% em junho de 2019 em comparação com junho de 2018. De acordo com dados da Trading Economics, entre 1997 e 2019 a inflação anual de alimentos na UE ficou em média em 3,01%.

O mais recente relatório do Eurostat revelou que a maior contribuição para a inflação anual na área do euro veio de serviços – que adicionou 0,73% -, seguidos por comida, álcool e tabaco, o que elevou os níveis gerais de inflação em 0,3%.

Dentro da União Europeia, os gastos com alimentos totalizaram 1.123 biliões de euros, em 2016. As despesas com alimentos e bebidas representam uma média de 13,5% dos orçamentos domésticos em toda a UE, de acordo com dados do setor industrial FoodDrinkEurope. Nos Estados-Membros, as despesas com alimentos representam entre 10% e 31% dos rendimentos familiares.

A inflação dos preços dos alimentos na Europa está a ser impulsionada por “muitos fatores”, revela a análise, incluindo aumento de impostos ou tarifas sobre mercadorias, eventos políticos e sociais, taxas de câmbio, até mesmo mudanças climáticas e clima, disse um porta-voz da FoodNavigator.

O “Compare My Mobile” lançou uma nova ferramenta digital de compras de alimentos que compara uma cesta de 23 “bens essenciais”, de maçãs e bananas a laticínios, carne, refrigerantes e vinho e identificou os lugares mais caros – e os mais baratos – para comer na região.

O estudo indica que a Suíça é o país mais caro para comprar alimentos básicos, com a cesta chegando a 141,06 euros. Seguiu-se a Noruega com 119,13 euros, a Islândia a 110,46 euros, o Mónaco a 99,12 euros e a Dinamarca a 80,88 euros.

Portugal surge, neste ranking, em 20.º lugar, entre os 25 países analisados, com um custo de 47,84 euros pelos mesmos 23 produtos inseridos na cesta.

A Ucrânia é o lugar mais barato para comprar mantimentos com 27,07 euros, seguido pela Turquia por 34,24 euros.