Produção

“Pai” do Nutri-Score defendeu implementação generalizada do sistema

Nutri-score

Serge Hercberg, “pai” do Nutri-Score, defendeu, durante a sua passagem por Portugal, a implementação do sistema de forma generalizada, revelando ser este o sistema de rotulagem com melhor performance em Portugal.

Na conferência “Rótulos nos alimentos: Escolhas informadas”, que debateu os sistemas de rotulagem no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, o médico e investigador baseou-se num estudo conduzido, em 2019, em Portugal, que comparou diferentes rótulos em alimentos da mesma categoria, avançando que “o Nutri-Score apresentou a melhor performance, pois aumentou a qualidade nutricional das escolhas feitas pelo consumidor”.

O Nutri-Score é um sistema gráfico fácil de ler e de entender, que classifica os alimentos numa escala de A a E, cada uma com uma cor diferente, do verde ao vermelho. “Não sendo um substituto da informação nutricional, que deve manter-se, o Nutri-Score é um indicador muito simples e intuitivo, que permite comparar facilmente a qualidade nutricional de produtos da mesma categoria”, explicou Hercberg.

Esta evidência é, de resto, comprovada por mais de 40 estudos internacionais, que demonstram a eficácia deste sistema a impactar o ato da compra. Um estudo levado a cabo em 60 supermercados, em França, concluiu que o Nutri-Score melhora a qualidade nutricional do carrinho de compras em 10%. “Temos a demonstração na vida real que há uma modificação de comportamentos e há um aumento da qualidade nutricional das compras com a utilização deste sistema”, sublinhou o médico.

De acordo com Hercberg, este impacto é ainda maior junto da população com níveis académicos mais baixos e menor poder de compra. “Por ser simples e intuitivo, o Nutri-Score é muito bem compreendido pelos consumidores com menor literacia e menor poder de compra. Portanto, este sistema é também muito útil para ajudar a reduzir desigualdades sociais”, defendeu.