Quantcast
Retalho

Sonae aumenta volume de negócios em quase 6% e investe 126 milhões

Sede Sonae

A Sonae apresentou esta semana os resultados operacionais para o primeiro trimestre de 2021, congratulando-se com a boa prestação da marca, que, em termos de volume de negócios consolidado, cresceu 5,8%.

Segundo o explicado, este resultado foi em grande medida impulsionado pelo desempenho da Sonae MC e da Worten, mas também pelo acelerado crescimento dos canais digitais dos diferentes negócios.

 

“Em termos de rentabilidade operacional, o EBITDA subjacente seguiu a tendência do volume de negócios e aumentou 14,1% para 114 M€ no 1T21, uma vez mais impulsionado pelo crescimento da Sonae MC e da Worten, que mais do que compensou o impacto das restrições noutros negócios decorrentes da pandemia. O EBITDA atingiu 128 M€, em linha com o ano passado, suportado pela melhoria do resultado líquido da NOS/Zopt e da ISRG, o que compensou a mais-valia registada no 1T20 relacionada com a transação do Sierra Prime”, acrescenta a marca em comunicado.

“Assim, o resultado líquido da Sonae atribuível a acionistas situou-se em 1 M€, uma melhoria significativa face ao valor do ano passado, ainda que impactado por restrições relacionadas com a Covid-19”, explica-se.

Relativamente ao investimento, destaque para mais do que duplicação do mesmo em relação ao primeiro trimestre de 2020, sendo que, neste âmbito, detalha a Sonae, se “concretizou a aquisição de uma participação adicional na Sonae Sierra, passando a deter 80% do seu capital, a Sonae IM investiu na tecnológica Finlandesa Sellforte e os diversos negócios continuaram a investir nas suas propostas de valor, em particular nas suas estratégias digitais”.