Quantcast
Retalho

Portugal destaca-se no retalho europeu no mês de agosto

aped_retalho

Segundo os mais recentes dados do Eurostat, o setor do retalho registou uma evolução de 0,3% na zona euro, enquanto no UE28 o crescimento foi de 0,2%, quando comparado o último mês de agosto com o mês anterior de julho de 2019.

Estes números são mais “simpáticos” que os registados no mês de julho, já que ao sétimo mês do presente ano, os dados mostravam uma quebra de 0,5% na zona euro e 0,4% na UE28.

 

Na comparação mensal (agosto 2019 vs julho 2019), o setor do retalho nos Estados-Membros e na zona euro incrementou em 0,4% para os Produtos Não Alimentares, enquanto os Produtos Alimentares e Bebidas manteve-se inalterado.

Na UE28 o negócio do retalho aumentou 0,3% para os Produtos Não Alimentares e 0,1% para os Produtos Alimentares e Bebidas.

 

Entre os Estados-Membros com melhor performance, destaque para Portugal com um crescimento de 1,1%, seguido pela Estónia (+1%) e Finlândia (+0,8%). Já no oposto, Áustria e Eslováquia (-1,3%) foram os países com maiores decréscimos, seguidos pela Croácia (-1,1%).

Na comparação anual feita pelo Eurostat (agosto 2019 vs agosto 2018), o setor do retalho ganhou, na zona euro, 4,1% nos Produtos Não Alimentares, enquanto os Produtos Alimentares evoluíram 0,4%. Já na UE28, os ganhos foram de 4,2% e 0,7%, respetivamente.

 

Roménia (+7,4%), Malta (+6,2%) e Hungria (+5,9%) foram os países que “brilharam”, enquanto Eslováquia (-3%) e Luxemburgo (-1,5%) foram os países com piores performances.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever