Retalho

Farfetch lança iniciativa na área da sustentabilidade

Farfetch lança iniciativa na área da sustentabilidade

A plataforma de retalho de moda de luxo Farfetch lançou, recentemente, uma nova iniciativa na área da sustentabilidade.

Fazendo parte da estratégia de sustentabilidade, “Positively Farfetch” lançará um projeto piloto denominado “Second Life”, um serviço de revenda de malas, permitindo aos clientes revender as malas de designers que já não queiram, em troca de pontos que poderão utilizar em futuras compras.

No site secondlife.farfetch.com, o cliente poderá enviar informações e fotografias das malas que está a vender, que serão analisadas pelo parceiro da Farfetch, que sugerirá um preço dentro de dois dias úteis.

Acordado o preço, o cliente será visitado por uma empresa de transportes que recolherá a mala para análise dos parceiros da Farfetch e receberá créditos no valor acordado para utilizar em farfetch.com.

Giorgio Belloli, diretor comercial e de sustentabilidade da Farfetch, refere à imprensa internacional especializada que “a moda de luxo está cada vez mais alinhada com a sustentabilidade. A revenda é uma área de crescente interesse para os nossos clientes. Como o mercado de luxo online, o mercado de luxo de produtos pré-usados está a crescer rapidamente e deve duplicar para alcançar 51 mil milhões de dólares [cerca de 45 mil milhões de euros] nos próximos cinco anos. Um programa de revenda de luxo como o Farfetch Second Life permite-nos entrar nesse mercado e testar a procura dos clientes da Farfetch por esse tipo de serviço”.

A iniciativa concentra-se em três áreas: criação de novos modelos de negócios que mantenham a roupa em uso, garantir que as roupas sejam feitas a partir de matérias seguras e renováveis, e reciclagem de roupas.