Quantcast
Economia

AHRESP defende prolongamento do período de carência

AHRESP

Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP)  defende a “prorrogação urgente” do período de carência das linhas de crédito de apoio à economia covid-19, no mínimo, até 30 de junho de 2022.

Para a Associação, “só assim se poderá evitar o incumprimento de milhares de empresas”.” O reembolso só deverá ser iniciado no verão do próximo ano (2022), momento em que se espera que a situação pandémica esteja mais controlada e haja um retomar da procura turística”, defende a AHRESP.

Anteriormente, a Associação tinha defendido a necessidade de criação de um MECANISMO ÚNICO.