Quantcast
Economia

AHRESP pede “regras claras e atempadas” para reabertura a 5 de abril

Zomato Gold gera um milhão de euros de lucro para os restaurantes nacionais

A AHRESP, Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, pediu publicamente ao Governo medidas claras para a reabertura dos restaurantes e esplanadas no próximo dia 5 de abril.

Com o novo levantamento de restrições, a entidade informa que na passada sexta-feira já tinha, há uma semana, pedido esclarecimentos adicionais sobre o plano de desconfinamento, não tendo ainda obtido resposta.

Neste sentido, a “AHRESP apela aos consumidores que encomendem refeições em take-away e delivery“, explicando até que “no período de Páscoa, as empresas de restauração e similares vão poder manter-se a funcionar em regime de take-away e delivery. No caso das entregas ao domicílio, não haverá qualquer limite às deslocações entre concelhos“.

Para terminar, a associação pede que, “para que tudo corra da melhor forma, a AHRESP apela aos consumidores para que encomendem de forma atempada as suas refeições da Páscoa, evitando assim que se esgotem produtos e também para que as empresas possam planear com o mínimo de antecedência os seus stocks e funcionamento operacional”.