Quantcast
Tecnologia

BlockStart: conhecidas as 10 startups vencedoras da primeira call

Estão selecionadas as 10 startups nas áreas de fintech, retalho e tecnologias da informação e comunicação que vão desenvolver os seus protótipos, durante os próximos quatro meses, além de receberem até 20 mil euros em financiamento equity free e mentoria, no âmbito do consórcio europeu BlockStart.

Entre as startups que desenvolverão os seus projetos para retalho estão a 2bSmart e a Euroledger Solutions; na área de fintech, foram selecionadas a Cropt, a INFI dApp e a Bright Habitat;  na distribuição a Datarella, a Inova DE e a Kedeon; e a Rexs.io e a Xylene fecham o primeiro lote de 10 startups selecionadas na primeira call do consórcio BlockStart. Este projeto europeu, que pretende promover a adoção da tecnologia de blockchain pelas pequenas e médias empresas (PMEs) na região, fecha assim a sua primeira call. Após este período, os cinco melhores projetos serão implementados pelas PMEs participantes.

Entre as PMEs participantes, encontram-se duas portuguesas – a Vawlt, solução de otimização de gestão e armazenamento de dados, e a Azzur Portugal, uma empresa que oferece serviços de contabilidade, consultoria de negócios, assessoria fiscal e recuperação de empresas. Além destas, também a CAM Engineering, CopyRageLatitudo 40Lift4FoodELDRO TECHNOLOGIETickets for GoodWe Encourage e a Poljoprivredno Gazdinstvo poderão implementar os projetos que estão agora a ser desenvolvidos e introduzir a tecnologia de blockchain nos seus serviços.

O consórcio, liderado pela Bright Pixel em parceria com a comunidade tecnológica F6S e a consultora de inovação CIVITTA, irá decorrer ao longo dos próximos dois anos, durante os quais serão lançadas mais duas calls, estando a próxima agendada já para o próximo mês de julho. O projeto europeu tem cerca de 800 mil euros para apoiar 60 empreendedores e 60 PMEs, além de potenciar boas práticas de utilização desta tecnologia, através de workshops, conferências e relatórios, junto da Comissão Europeia e demais intervenientes no ecossistema de inovação europeu, como associações, clusters, incubadoras, entre outros.