Pagamentos

Pagamentos contactless deverão crescer 300% nos próximos cinco anos

Pagamentos_Cartão

De acordo com um relatório recente da Juniper Research, os pagamentos contactless deverão atingir os 6 biliões de dólares (cerca de 5,5 biliões de euros) em todo o mundo até 2024, impulsionadas pelo aumento do uso de cartões, correspondendo a um crescimento de 300% nos próximos cinco anos.

Os números indicam que, em 2020, as transações deverão equivaler a 2 biliões de dólares (cerca de 1,8 biliões de euros), indicando a consultora o mercado norte-americano como o grande impulsionador desta evolução.

O relatório identifica, ainda, a implementação de cartões contactless nos EUA e as melhorias na infraestrutura de Pontos de Venda contactless na China como principais fatores desse aumento, bem como o forte crescimento da Apple Pay.

As conclusões da Juniper referem, igualmente, que as opções de pagamento de fabricantes de smartphones (os designados OEM Pay – Original Equipment Manufacturer, em inglês) serão responsáveis por pagamentos de valor mais alto durante o período analisado, devido a limites restritivos de pagamento para cartões contactless.

Como exemplo do crescimento do pagamento contactless, a Juniper dá os EUA que, em 2024, deverão atingir 1,5 biliões de dólares, muito além dos 178 mil milhões de 2020. O relatório da consultora constatou que o crescimento será alimentado pela promoção de cartões contactless pelos principais bancos dos EUA, reduções nos custos associados à emissão de cartões contactless nos EUA e seu uso crescente no espaço para emissão de bilhetes. A Juniper recomenda, ainda, que os retalhistas e fornecedores de tecnologia dos EUA priorizem urgentemente a melhoria da infraestrutura contactless para capitalizar essa tendência crescente.

Apple Pay na liderança
O relatório concluiu que o Apple Pay uma quota de mercado a rondar os 52% nos valores das transações “OEM Pay”, acima dos 43%, em 2020. A expansão da base de utilizadores do Apple Pay em regiões importantes, incluindo Extremo Oriente, China e Europa, impulsionará o crescimento, bem como a extensão do alcance da Apple fora do universo “OEM Pay” por meio do Apple Card.