Quantcast
Retalho

Primark entra no mercado de roupas em segunda mão

A Primark tem sido notícia durante os últimos dias por estar a fazer esforços, no Reino Unido, para entrar no mercado de venda de roupa em segunda mão.

De acordo com o noticiado, este novo projeto resulta de uma parceria com a a Vintage Wholesale Company, sendo que os espaços para aquisição destes produtos serão instalados em duas flagships em Birmingham e Manchester.

 

A WornWell, ‘marca’ criada para este efeito, permitirá aos clientes comprar peças de roupa vintage e únicas de marca e sem marca, dando-lhes acesso a peças vintage e novas, a preços acessíveis.

“As roupas vintage aumentaram em popularidade nos últimos anos e sabemos que os nossos clientes adoram criar looks únicos misturando a moda antiga com a nova”, disse Jermaine Lapwood, chefe de inovação e tendências futuras da Primark.

 

“Queremos ver as roupas amadas por mais tempo e mantidas em circulação – temos grandes planos em nosso próprio negócio para dar às roupas uma vida mais longa e estamos entusiasmados por apoiar uma empresa independente que está trabalhando para fazer isso”, acrescentou.

A WornWell da Vintage Wholesale Company irá fornecer roupas dos anos 70, 80 e 90, incluindo macacões e camisas de ganga, tops, camisolas estampadas, casacos e camisas de padrões invulgares. As marcas incluirão Tommy Hilfiger, Nike, Converse, Levi e Dr. Martens