Quantcast
Retalho

Pandemia faz crescer “centros comerciais online”

Marketplaces
A crise sanitária fechou os consumidores em casa e, à boleia, fez florescer o comércio eletrónico. Os marketplaces ganharam terreno, destacando-se pela variedade de produtos e preços que oferecem, mas também pela comodidade que garantem. Ainda assim, há riscos à espreita, tanto para vendedores, como para consumidores. A pandemia fechou as portas dos centros comerciais a que os consumidores há muito estavam habituados a visitar na hora de fazer as suas compras, mas deu ânimo àqueles que vivem no universo…

É necessário iniciar sessão para ter acesso ao artigo completo

Inicie sessão .