Sustentabilidade

Lidl Portugal compromete-se a reduzir consumo de plástico em 20% até 2025

Lidl aumenta ordenado de entrada para 670 euros

O Lidl Portugal quer reduzir o seu consumo de plástico em cerca de 20% até 2025. Esta medida faz parte da estratégia de sustentabilidade da insígnia e será alcançada com a implementação de algumas mudanças nas embalagens de produtos de marca própria do Lidl, que representam 80% dos produtos vendidos pelo Lidl Portugal.

Numa nota enviada às redações, O Lidl revela ainda que, até 2025, todas as suas embalagens de marca própria deverão incorporar materiais recicláveis, uma resposta à estratégia europeia para os plásticos apresentada recentemente pela Comissão Europeia.

“Em linha com a sua aposta na eficiência, o Lidl investe há já vários anos na redução do uso dos materiais utilizados nas embalagens, enquanto melhora o potencial de reciclagem dos mesmos. Desde julho de 1995, data da entrada do Lidl no mercado português, foi introduzido o pagamento dos sacos de plástico, de forma a incentivar uma utilização prudente e ponderada dos mesmos”, sublinha a insígnia.

“O Lidl Portugal defende, com efeito, a economia circular, como prova de uma política de gestão de recursos eficiente e como forma de prevenir resíduos e contribuir para a redução do desperdício. A marca aposta por isso na promoção de processos de gestão de resíduos por valorização/reciclagem em todo o país, nas suas mais de 250 lojas e quatro centros logísticos, tendo reciclado e/ou valorizado mais de 3500 toneladas de plástico apenas nos últimos três anos. Outro exemplo é que todo o cartão separado é reciclado, dando vida a novas embalagens e evitando desperdício”, acrescenta.