Retalho

IKEA firma parceria com os CTT e testa ‘pontos de contacto’

IKEA abre novo ponto de recolha em Leiria

A IKEA Portugal firmou uma parceria com os CTT para a entrega de encomendas até 25 quilos, uma medida que arranca “nas próximas semanas”. A notícia é avançada pela IKEA Portugal, que numa nota enviada às redações esta quarta-feira (21 de novembro)  sublinha que “a IKEA está a adaptar-se ao ambiente envolvente como todos os retalhistas”.

Sobre a parceria com os CTT, a empresa revela que permitirá encomendar uma larga variedade de produtos da IKEA, abaixo dos 25 quilos, com preços a partir dos 7 euros, que serão depois entregues ao domicílio via CTT.

Helen Duphorn, Country Retail Manager da IKEA em Portugal, diz ainda que “seremos, nos próximos três anos, ainda mais acessíveis e convenientes para os nossos clientes, com novos formatos de loja e com uma melhor oferta digital. Isto significa que iremos interagir com os nossos clientes onde, quando e como eles escolherem, oferecendo a nossa gama de artigos e serviços numa variedade de formas, sempre com preços acessíveis. Para que isto seja possível, mudaremos a forma como internamente lideramos, trabalhamos e nos organizamos. Estamos a iniciar agora o processo de transformação, a avaliar as nossas necessidades e a organizarmo-nos para manter o percurso de crescimento na IKEA Portugal. Estamos confiantes que a transformação do negócio, para além de positiva, será integrada de forma natural e progressiva no nosso dia a dia.”

No âmbito desta estratégia, a IKEA Portugal está também a apostar em pontos de contacto: “as nossas lojas estão a correr bem, mas queremos completá-las com pontos de contacto. Estamos a fazer um teste em Sintra [Fórum Sintra]. É um ‘pop-up’ experimental, no centro comercial, que permite às pessoas que vivem em Sintra o acesso à IKEA, conhecerem as nossas propostas”.

De acordo com a IKEA, neste ‘ponto de contacto’, “os clientes podem, com apoio personalizado, planificar uma divisão ou uma casa inteira e encomendar artigos para entrega em casa ou recolha em loja. Será uma loja temporária dedicada ao design democrático, em pleno centro comercial Fórum Sintra”.

No último ano fiscal, as vendas da IKEA em Portugal atingiram um total de 457 milhões de euros, um crescimento de 14% face ao período homólogo. O e-commerce tem atualmente um peso de 2,8% nas vendas da subsidiária portuguesa do retalhista sueco.