Quantcast
Sustentabilidade

Conheça as “Marcas de Confiança Ambiente” deste ano

A revista Selecções do Reader’s Digest divulgou as 10 marcas vencedoras da 13.ª edição do estudo “Marcas de Confiança Ambiente”. 

A 13.ª edição do estudo “Marcas de Confiança Ambiente”, promovido pela revista Selecções do Reader’s Digest, já tem vencedores.  As dez marcas vencedoras deste ano são:

  • Toyota (Automóvel)
  • L’Arbre Vert (Detergente ecológico)
  • Samsung (Eletrodomésticos)
  • SUMA (Empresas de tratamento de lixo)
  • Vulcano (Equipamentos/Sistemas de aquecimento de água)
  • Continente (Hiper/Supermercados)
  • Pestana (Hotéis/Eco-resorts)
  • Galp (Petrolíferas)
  • Electrão (Redes de reciclagem de equipamento elétrico e eletrónico (REEE)
  • Carris (Transportes Urbanos)

O estudo revela ainda que 34% dos inquiridos identificou “reduzir o consumo diário de água” como o “Pequenos gestos podem salvar o planeta”.  O segundo gesto identificado por 31% dos portugueses é “recusar a utilização de sacos e outros plásticos descartáveis”.

As medidas com vista à poupança energética são apontadas apenas por 19% dos inquiridos como “Pequeno gesto que podem salvar o planeta”. “Um dado interessante e que permite extrapolar um contraciclo quando comparado com as preocupações das empresas, que trabalham a poupança energética com o objetivo de se tornarem neutras em carbono até 2050”, disse a responsável pelo estudo Marcas de Confiança Ambiente, Maria do Carmo Diniz.

Quando questionados sobre “a marca de maior confiança no ambiente na categoria Tratamento de Lixo” 47% dos inquiridos identifica a SUMA, seguida da Valorsul, que é apontada por 19% dos entrevistados. A SUMA foi identificada por 60% do universo feminino, já o universo masculino identificou em 61% a Valorsul.

Ficha técnica

O estudo Marcas de Confiança 2021 foi realizado, entre os dias 4 de setembro e 30 de novembro de 2020, e dirigido a 12.000 assinantes das Seleções do Readers Digest. A amostra é representativa dos portugueses, nas variáveis de género e idade, sendo que 46% dos participantes têm entre 40 a 60 anos e 51% representam lares com maiores de 16 anos. Este questionário tem uma taxa de resposta de 8,1% e uma margem de erro de 2,9%. As questões são de resposta aberta e imediata e não existe qualquer tipo de inscrição, pelo que as marcas apenas figuram no estudo se foram mencionadas pelos inquiridos.