Quantcast
Retalho

Auchan compra mais 20% de frescos a fornecedores locais

Auchan_Retail_Portugal

Entre setembro de 2019 e agosto de 2020, a Auchan Retail Portugal comprou 7.325 toneladas de produtos frescos a fornecedores locais, representando um crescimento de mais de 20% face ao ano anterior. A maioria dos produtos frescos à venda nas lojas são portugueses e cerca de 90% das compras são feitas a fornecedores nacionais.

Estes dados são divulgados pelo retalhista quando comemora um ano do movimento do Bom, do São e do Local, altura em que também a marca Auchan foi lançada enquanto insígnia única de todas as suas lojas.

Assim, neste último ano, além das mais de sete mil toneladas de produtos frescos comprados a fornecedores locais, a Auchan Retail Portugal doou mais de 2 milhões de kg de produtos alimentares, lançou postos de carregamento elétricos (39), em parceria com a Helexia (operador de mobilidade elétrica), e distribuiu 14 milhões de euros pelos colaboradores.

Também a temática do ambiente e sustentabilidade tem vindo a ganhar terreno entre as preocupações da Auchan, salientando ser “a única da distribuição em Portugal certificada em responsabilidade social”, contando com 12 lojas com certificação ambiental.

Ainda nesta temática, a redução do desperdício continua a ser um compromisso da Auchan, sendo exemplos a venda do bolo de banana vegan, que é feito com as bananas demasiado maduras da loja – do qual já se vendeu em dois meses 818 kg, aproveitando 252 kg de bananas; a venda de pão do dia anterior, para culinária, com desconto, bem como de pão ralado, feito com pão com mais de dois dias – que já evitou o desperdício de 15.880 kg de pão; disponibilização de produtos em aproximação do fim de validade a preços mais acessíveis; venda de produtos avulso, mais de 600 referências de produtos das quais 67 são artigos bio; e a parceria com a Too Good to Go.

Ainda na área do combate ao desperdício alimentar, destaque para o apoio a entidades como a Refood e a Dar i, a quem, no ano 2019, foram doados cerca de 2,3 milhões kg de produtos alimentares, num total de mais de 2,3 milhões de euros.