Quantcast
Retalho

Grupo DIA reforça capital até 1.028 milhões de euros 

O Grupo DIA – detentor dos supermercados Minipreço – vai aumentar o seu capital até um total de 1.028 milhões de euros.

O Grupo DIA – detentor dos supermercados Minipreço – vai aumentar o seu capital até um total de 1.028 milhões de euros, de forma a continuar a desenvolver o seu plano estratégico de negócio.  Em comunicado, a empresa revela que, deste valor, 769 milhões provêm da conversão de dívida em fundos próprios e 259 milhões de euros de uma tranche em dinheiro para os acionistas minoritários que desejem participar no aumento de capital.

Em novembro, a empresa tinha alcançado um acordo com o seu acionista de referência LetterOne, DEA Finance e os seus credores sindicados , o que permitiu converter 500 milhões de euros de dívida em fundo próprios. A DIA afirma que melhorou esse acordo, convertendo em capital mais 269 milhões de euros das obrigações com vencimento em abrirl de 2023.

A operação reduz o endividamento da DIA em 60%, fortalecendo a sua solvência e melhorando a sua liquidez. A empresa não terá que lidar com vencimentos significativos de dívida até finais de 2025. Além disso, este reforço supõe uma nova injeção de liquidez que acelerará o processo de transformação. Desde julho de 2019, a empresa já recebeu mais de 1.600 milhões de euros.

“A melhoria do acordo alcançado no ano passado surge como resposta ao apoio e compromisso de todos com este projeto. Os planos de negócio que estão em marcha e os resultados que estão a dar são uma mostra da sólida confiança e da fé que tanto credores, como o principal acionista, têm no êxito da DIA”, afirma o Presidente Executivo do Grupo DIA, Stephan DuCharme.