Retalho

Bruxelas dá luz verde à aquisição da Sonae Sierra pela Sonae

Resultado líquido da Sonae Sierra com aumento de 25% no primeiro trimestre

A Comissão Europeia aprovou esta sexta-feira (24 de agosto) a aquisição da Sonae Sierra pela Sonae, revela a Lusa. A notícia surge depois de a Sonae ter comunicado, em julho, a intenção de reforçar a sua posição na empresa dedicada ao imobiliário de retalho, ao operacionalizar a compra de 20% ao grupo inglês Grosvenor por cerca de 255 milhões de euros.

A Sonae Sierra era detida pela Sonae (50%) e pela Grosvenor (50%), mas com a operação agora aprovada, 70% da companhia passa para as mãos da Sonae.

“A Comissão concluiu que, uma vez que a Sonae já controlava conjuntamente a Sonae Sierra antes da operação, a aquisição não provocará uma mudança significativa no mercado. A Comissão concluiu que a aquisição proposta não levanta inquietações a nível de concorrência”, comunica Bruxelas.

A Sonae revela que, com este acordo, vai “reforçar a sua participação e influência num ‘player’ [numa empresa] de referência no setor do imobiliário de retalho, simultaneamente aumentando o perfil internacional do grupo”. A empresa indica ainda que a Grosvenor “continuará a ser um parceiro estratégico”, apesar de estarem “assegurados os direitos de saída adequados à sua futura condição de acionista minoritário”.