Retalho

Mercadona recupera Fábrica de Fiação e Tecidos de Sá em Ermesinde

Mercadona

A Mercadona vai iniciar o projeto de recuperação da Fábrica de Fiação e Tecidos de Sá, localizada em Ermesinde, onde pretende abrir um supermercado em 2020.

A fabrica fechou portas em meados do século XX e desde então encontrava-se devoluta e num estado avançado de degradação. O projeto de restauração deste edifício de grande valor histórico visa a manutenção da fachada e da chaminé da fábrica, bem como a construção de um jardim público na área envolvente e vai ao encontro da política de Responsabilidade Social da Mercadona.

“A Fábrica de Sá é uma importante memória para a cidade de Ermesinde e para o concelho de Valongo. Este investimento salvaguarda o nosso património histórico industrial, dando-lhe uma nova vida”, refere o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, citado por comunicado enviado à DISTRIBUIÇÃO HOJE.

“A Mercadona orgulha-se de criar projetos que acrescentam valor à sociedade onde está inserida. Esta obra é reflexo disso mesmo, trata-se de devolver à cidade um novo espaço, preservando a memória histórica que a antiga Fábrica de Sá tem para os cidadãos de Ermesinde. Para mim pessoalmente, que nasci e sempre vivi no município de Valongo, ver esta antiga fábrica recuperada tem um significado especial”, disse Joana Ribeiro, Diretora Relações Externas Norte de Portugal:

A futura loja da Mercadona em Ermesinde responderá ao Modelo de Loja Eficiente, que a empresa está a implementar em toda a rede, apresentará uma sala de vendas de 1 650 m2 e terá 120 lugares de estacionamento.

A Mercadona abriu a primeira loja no país a 2 de julho, em Canidelo, Vila Nova de Gaia, e conta atualmente com 10 supermercados distribuídos pelos distritos de Porto, Braga e Aveiro. Em 2020, a empresa continuará o plano de expansão, tendo já anunciado a abertura de 10 novas lojas até ao final deste novo ano.