Quantcast
Retalho

Mercadona fecha plano de expansão previsto para 2020 com loja na Campanhã

Loja_Mercadona_Campanha

A Mercadona fechou o ano de 2020 com a abertura da 20.ª loja no nosso país, cumprindo, assim, o plano de expansão traçado para este ano, indicando, desde já, que, para 2021, estão previstas mais 8 a 10 lojas em Portugal.

A última loja a abrir este ano fica localizada na freguesia da Campanhã, tornando-se, desse modo, no segundo supermercado do maior retalhista alimentar espanhol na cidade Invicta.

Com uma área de venda de 1.900 m2, a abertura deste supermercado criou 60 postos de trabalho, possuindo a loja um parque de estacionamento de 100 lugares, dispondo das secções de Talho, Charcutaria, Peixaria, Pastelaria e Padaria, Perfumaria, Frutas e Legumes e, claro, a do Pronto a Comer, com oferta de refeições quentes prontas a levar. Refira-se ainda que este espaço foi concebido segundo o Modelo de Loja Eficiente que a Mercadona está a implementar em toda a sua cadeia e que representa uma poupança energética superior a 40% face a uma loja tradicional.

Na construção desta loja foi recuperada a chaminé industrial que se encontrava em estado devoluto neste espaço, preservando assim um símbolo característico da antiga zona industrial.

Segundo Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, esta nova loja da Mercadona dica ligada “a projetos emblemáticos em curso nesta zona do Município, nomeadamente o Terminal Intermodal de Campanhã, que se encontra em fase final de construção, e o Projeto Matadouro, um investimento de 40 milhões de euros, com início dos trabalhos previsto para setembro de 2021, que constituirá um novo pólo económico, empresarial e cultural vibrante na zona oriental da cidade”.

Como já referido, a abertura desta loja concluiu o objetivo traçado pela empresa de ter, no final de 2020, 20 lojas em funcionamento, distribuídas pelos distritos do Porto, Braga, Aveiro e Viana do Castelo. Para as 8 a 10 lojas que a Mercadona prevê abrir em 2021, a empresa já iniciou os processos de seleção e recrutamento para cinco novos supermercados a abrir em Santa Maria da Feira, Guimarães, Porto, Vila Nova de Famalicão e Espinho.