Quantcast
Retalho

Guerra na Ucrânia está a dificultar transição para alimentação plant-based?

Com todo o mundo a ser afetado pela disrupção introduzida pela pandemia, mas agora a experienciar os efeitos paralelos do conflito armado na Ucrânia, muitos são os setores que estão a sofrer com o aumento do preço de matérias-primas e energia.

Segundo a ProVeg, associação que junta 31 empresas europeias que trabalham para a consciencialização alimentar de produtos não animais, 61% acreditam que a crise provocada pela Guerra vai acelerar a transição para a energia verde, sendo que o mesmo número diz estar a verificar aumentos dos preços das matérias-primas utilizadas.

 

64% dos inquiridos pela ProVeg ​​apontam o aumento dos custos da energia e transporte como a principal consequência do conflito na Ucrânia, e o mesmo valor refere-se à falta de disponibilidade de transporte e camionistas.

Noutro ponto, 59% das empresas acreditam que o aumento dos preços dos ingredientes e energia causará aumento nos preços dos produtos, sendo que uma percentagem ainda maior (69%) declarou que continuará a ser difícil recrutar trabalhadores qualificados para o sector. Por fim, 50% dos inquiridos disseram ter trabalhado mais proximamente com outras marcas, clientes e funcionários.

 

“Além do efeito devastador na vida de muitas pessoas, a guerra na Ucrânia está a afetar fortemente o setor alimentar e, especificamente, os produtos à base de plantas”, explica o chefe internacional da Indústria Alimentar e ProVeg Retail, Stephanie Jaczniakowska-McGirr.