Quantcast
Tecnologia

Walmart acelera ‘transição para o futuro’ com robotização de armazéns

Walmart

A Walmart anunciou durante os últimos dias ter dado mais um passo em frente na sua parceria com a Symbotic, parceria essa iniciada em 2017 com um projeto-piloto de automação.

Segundo o explicado, depois do sucesso da primeira fase, a Walmart vai equipar mais de metade dos seus centros de distribuição regionais com uma nova solução de automação e robótica para Supply Chain.

Assim, 25 dos 42 centros de distribuição da Walmart serão durante os próximos meses robotizados, com uma frota de robots  da Symbotics, auxiliado por software, a aumentarem a eficiência e capacidade de armazenagem. “O sistema usa a robótica de paletização de alta velocidade para embalar a carga para ficar pronta para seguir para o seu corredor, aumentando a eficiência na entrega ao reduzir o tempo que leva para descarregar”, explica a retalhista.

Joe Metzger, vice-presidente executivo de operações da cadeia logística do Walmart nos Estados Unidos, apelidou este de programa de “game changer” que “alterará fundamentalmente como os produtos chegam às lojas”.

“O novo sistema de tecnologia funciona para classificar, armazenar, recuperar e embalar mercadorias em paletes”, disse. “Estamos a usar a automação para revolucionar a entrada de mercadoria, aumentar a precisão do processo e mudar a forma como a fretagem é feita nos nossos centros de distribuição regionais.”

“Pode não haver maneira de resolver todas as complexidades de uma cadeia de suprimentos global, mas planeamos continuar a mudar o jogo à medida que usamos a tecnologia para transformar a forma como trabalhamos e conduzimos os nossos negócios para o futuro”, acrescentou Metzger.