Retalho

ShopperTrak | “Ajudamos a melhorar a lucratividade com base no conhecimento do comportamento do consumidor”

Publicidade

Tem-se vindo a afirmar como um especialista global em inteligência e análise de tráfego de consumidores no retalho e este ano estará no inRetail Congress para explicar de que forma se pode aumentar os lucros com base no conhecimento do consumidor. Ezequiel Duran, Diretor Geral da ShopperTrak, explica quais os próximos passos da companhia que já fatura 130 milhões de dólares anuais.

Como nasceu a ShopperTrak e qual o foco da companhia?
O nosso objetivo é ajudar os nossos clientes a melhorar a sua lucratividade com base no conhecimento do comportamento dos consumidores. Estamos presentes em Portugal desde 1995, onde começámos a nossa atividade comercial com a empresa FootFall. A nossa presença nos setores de Centros Comerciais e Retalho tem sido muito marcante. Na nossa evolução como empresa, fomos adquiridos em 2008 pela Experian (empresa bem reconhecida na atividade de Bureau de Crédito e Marketing). Em 2015, fomos novamente comprados pela Tyco Retail Solutions. Em 2016, demos um novo passo e adquirimos o ShopperTrak (uma referência no mercado americano). Durante estes dois últimos anos, a FootFall e a ShopperTrak fundiram-se, tornando-se uma empresa global líder no seu setor.

Que tipo de soluções oferecem ao mercado e, em particular, ao setor do retalho?
O objetivo é trabalhar em analítica no ponto de venda relacionada com o comportamento do consumidor. Instalamos sistemas de contagem de pessoas nas lojas e nos seus exteriores para cruzar essas informações com outras métricas como o número de compras, faturação, funcionários, unidades vendidas… Isso permite que estejamos sempre a analisar o desempenho de cada estabelecimento e a identificar potenciais melhorias. Como complemento, especializamo-nos na geração de índices e benchmarking e outras soluções para identificar o tempo de permanência em loja e as visitas repetidas com informação recolhida do Wi-Fi de telemóveis.

De que forma é que medem o tráfego de consumidores nas lojas?
Há diversas soluções de contagem, porém a ShopperTrak trabalha apenas com a tecnologia mais avançada. Porque o nosso compromisso é trazer sempre a mais alta qualidade. Um dos nossos valores diferenciadores está na forma como tratamos os dados, enfatizando a nossa elevada qualidade no processo de gestão de informações.

De que forma é que ter acesso a este tipo de informação pode ajudar os retalhistas a definir uma estratégia mais eficiente?
Cada cliente tem necessidades diferentes e sabemos como entender e complementar cada uma das estratégias. O mais importante é entender o potencial de melhoria em cada estabelecimento e como as ações internas (de marketing, produto, negócio, etc.) afetam a empresa, bem como compreender o impacto de fatores externos (climatologia, economia,etc.).

Com que tipo de empresas é que trabalham e quem são os vossos maiores clientes?
A nossa implementação global permite-nos ter clientes de grande reputação internacional. No setor de centros comerciais trabalhamos com praticamente todo o mercado incluindo Sonae, Klépierre, Ikea Centres, Ceetrus, MDC, JLL, Cushman&Wakefield, etc. Trabalhamos também com incontáveis retalhistas, como Mango, Luxottica, Fnac, Calzedonia, RockPort, Adidas, Hugo Boss, Triumph, etc.

Com que faturação esperam terminar o ano de 2018?
O volume global de negócios anual é de aproximadamente 130 milhões de dólares.

Atualmente, estão presentes em quantos mercados?
Temos uma presença global que vai desde os EUA ao Japão, num total de mais de 64 países. Esse posicionamento é o que nos permite fornecer os nossos serviços a retalhistas com uma implementação global, seguindo um único padrão de serviços em todos os países.

De que vão falar na edição deste ano do inRetail Congress?
A ShopperTrak faz parte do setor de retalho e, como tal, participamos em todas as atividades relacionadas com o mundo do retalho. Aprendemos, identificamos novas necessidades de mercado e oferecemos a nossa experiência e conhecimento aos nossos clientes. Iremos falar da importância da análise na gestão de negócios. Tudo o que é medido pode ser melhorado e, nesse aspecto, o ShopperTrak pode ajudar os seus clientes a melhorar a lucratividade de cada ponto de venda.

Planeiam lançar novas soluções em breve?
Estamos a trabalhar para lançar um novo produto chamado Market Intelligence dentro dos próximos meses. Este produto permitirá fazer um benchmarking de afluência por setor e a nível regional.

A SHOPPERTRAK EM NÚMEROS

A empresa está presnete em mais de 64 mercados;
Atualmente, a ShopperTrak emprega mais de 500 pessoas;
A ShopperTrak conta com um volume de negócios anual de cerca de 130 milhões dólares;
A multinacional trabalha com gigantes do retalho como Mango, Luxottica, Fnac, Calzedonia, RockPort, Adidas, Hugo Boss, Triumph, Sonae, Klépierre, Ikea Centres e Ceetrus.

 

Artigo patrocinado por