Retalho

Retalho europeu em queda no último mês de 2018

Retalho europeu em queda no último mês de 2018

Os dados mais recentes do Eurostat indicam uma quebra no volume de negócio no retalho no mês de dezembro de 2018 quando comparado com o mês anterior. Segundo as contas, as vendas no retalho na zona euro, no último mês do ano 2018, caiu 1,6% face a novembro. Já na Europa a 28, as vendas em dezembro registaram uma quebra de 1,4% em relação ao mês anterior de novembro.

Recorde-se que no mês de novembro, as vendas no retalho europeu tinham registado uma subida de 0,8% na zona euro e de 1% na UE28.

Já as vendas de dezembro de 2018 comparadas com dezembro de 2017 aumentaram 0,8% na zona euros e 1,2% na EU28, enquanto na média de vendas no retalho, os dados do Eurostat indicam uma subida de 1,4% na zona euro e de 2% na UE28.

Na comparação mensal – dezembro 2018 vs novembro 2018 – o Eurostat refere que as vendas de produtos não alimentares caíram 2,7%, enquanto a venda de produtos alimentares e bebidas registou uma quebra de 0,3% na zona euros. Já na UE28, as vendas de produtos não alimentares caíram 2,6% e os produtos alimentares e bebidas sofreram uma depreciação de 0,4%.

Entre os estados-membros com piores performances, destaque para a Alemanha (-4,3%), Suécia (-2,5%) e Estónia (-2%). No que toca às subidas, a Áustria lidera o top 3 com 0,7%, seguida de Portugal (0,6%) e Irlanda (0,5%).

Na comparação anual – dezembro 2018 vs dezembro 2017 – as vendas de produtos não alimentares aumentaram 2,5% na zona euro, enquanto os produtos alimentares e bebidas subiram 0,7%. Na UE29, o Eurostat revela que o aumento das vendas de produtos não alimentares foi de 1,2% e 0,6% nos produtos alimentares e bebidas.

Os países que melhores vendas registaram neste período foram a Eslovénia (+11,2%), Irlanda (+7,5%) e Polónia (+4,9%), enquanto do lado das quebras anuais destacam-se a Alemanha (-2,2%), seguida de Malta (-1,9%) e Suécia (-1,6%).