Quantcast
Retalhista

H&M aposta a primeira coleção de moda virtual a que só se acede… jogando

Vendas da H&M alinhadas com as expetativas dos analistas

O mundo está em plena trajetória de transformação e, há medida que as novas tecnologias vão sendo absorvidas pelos consumidores, também as marcas estão cada vez mais a migrar para ambientes digitais.

Neste sentido, noticia esta semana o site Retail Gazette que a H&M está a apostar numa coleção totalmente digital, sendo que para acederem a esta coleção os internautas terão de ‘competir’ virtual por um lugar na loja.

 

“A H&M revelou a sua primeira coleção de moda virtual e disse que “representa a ambição da H&M de liderar a mudança na indústria da moda, tornando a moda virtual acessível aos nossos clientes”. A nova coleção só estará disponível através de um concurso na sua loja virtual “onde os clientes podem enviar um nome divertido e inovador para um dos três looks da linha para concorrer a um look que será adaptado digitalmente a eles.”

De acordo com o noticiado, a iniciativa estará disponível no Reino Unido, Estados Unidos, Índia, Alemanha e França, sendo que cada país terá três vencedores, sendo que estes terão depois acesso a um coleção virtual que lhes será ‘vestida’ digitalmente após o envio de uma fotografia.

 

A gigante sueca da moda afirmou que este movimento representa os seus “valores de ser um retalhista inclusivo, já que a aparência se ajusta a todos os corpos, não importando o tamanho, forma e género”.