Quantcast
Tecnologia

Colt quer ampliar a sua rede de comunicação na Península Ibérica

A Colt anunciou um plano de reforço da operação portuguesa, no qual prevê o reforço da sua rede de comunicações na Península Ibérica.

A Colt anunciou um plano de reforço da capacidade da operação portuguesa com mais investimento em Portugal, país onde conta já com 3 centros de desenvolvimento/competência. O principal destaque vai para o reforço da sua rede de comunicações na Península Ibérica com mais 600kms de fibra que irão criar uma ligação direta Lisboa/Porto/Bilbao/Toulouse através dos Pirenéus e resto da Europa.

Além dessa aposta, a empresa revela, em comunicado, que vai ampliar também o poder do seu hub de conectividade português à escala mundial e que assegura as ligações da Europa à América, África e Ásia interligando a Colt IQ Network aos múltiplos cabos submarinos existentes em Portugal. A equipa portuguesa vai ainda ser reforçada com mais 40 colaboradores.

 

Este anúncio ocorre no contexto do plano de crescimento e investimento da Colt a nível mundial para os próximos 3 anos anunciado pela CEO Keri Guilder, e que inclui também o lançamento de novos serviços e soluções de banda larga on-demand que permitam acelerar a transformação.

Carlos Jesus, Country Manager da Colt Portugal e VP Global Service Delivery da Colt, refere a este propósito: “A Colt tem uma estratégia de crescimento para os próximos três anos que passa pelo reforço/aumento da capacidade da operação que temos no nosso país, e dos nossos 3 centros, que sendo diferentes, todos contribuem de forma significativa para o volume de receitas da Colt à escala global.”

“A Península Ibérica, e dentro dela Portugal, constituem uma região cada vez mais importante para a Colt e para os nossos clientes, por isso agora é o momento perfeito para expandirmos ainda mais a nossa presença aqui. À medida que as exigências globais de largura de banda continuam a explodir, e que há cada vez mais empresas dependentes de infraestruturas alojadas na cloud e que estão constantemente à procura de diversidade no que diz respeito à conectividade. Esta expansão, que inclui mais 600kms de fibra que irão criar uma ligação direta Lisboa/Porto/Bilbao/Toulouse através dos Pireneus e daí para Paris e resto da Europa, faz parte da estratégia de crescimento da Colt a nível mundial, que visa ajudar os nossos clientes em toda a Europa, Ásia e América do Norte através do poder da conectividade de soluções de banda larga on-demand”, conclui o responsável.