Quantcast
reciclagem

APED lança campanha para reciclagem de óleos alimentares usados

AF APED COA

A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) lança hoje uma campanha de sensibilização sobre óleos alimentares usados com o objetivo de promover a deposição destes resíduos nos oleões, bem como sensibilizar os consumidores para os benefícios deste comportamento ambientalmente responsável.

Sob o mote “vamos moldar um planeta mais limpo”, a campanha está presente em mais de 720 lojas por todo o país, ou meios online, num conjunto de empresas que inclui as redes Aldi Supermercados, Continente, DIA Minipreço, El Corte Inglés, Intermarché, Jumbo, Lidl, Pingo Doce, Recheio e Uniarme.

 

De acordo com a análise realizada em 2015 pelo Centro de Estudos da Universidade Católica para a APED, 21 por cento dos inquiridos utiliza oleões ou pontos de recolha municipais e 22 por cento utiliza os pontos colocados em super/hipermercados. A partir dos cerca de 536 pontos de recolha existentes na rede de associados da APED, e também em resultado de produção própria, foram encaminhadas no ano passado mais de 450 toneladas de óleos alimentares para valorização.

Contudo, uma parte significativa da população (31 por cento) continua a despejar os óleos alimentares usados nos esgotos, com estes números a apontar para a necessidade de reforçar estas campanhas de sensibilização dirigidas sobretudo à população “não separadora”.

 

Os inquiridos neste estudo sugerem ainda um conjunto de medidas que aumentem a separação e reciclagem de óleos alimentares usados. São elas a existência de pontos de recolha situados nas proximidades das habitações; receber das entidades competentes um ecoponto doméstico para recolha de óleos; existir um serviço de recolha porta-a-porta; haver mais informação sobre o processo de separação e reciclagem.

“Há vários anos que a Distribuição contribui para a sensibilização dos consumidores para este tema e disponibiliza centenas de pontos de recolha óleos alimentares usados nos espaços associados. Acreditamos que os resultados têm sido positivos, mas esta campanha surge da necessidade de continuar a promover o envolvimento de todos para esta causa ambiental” realça Ana Isabel Trigo Morais, diretora-geral da APED.