Economia

Imposto sobre bebidas açucaradas deverá subir 1,5%

latas de refrigerantes - Distribuição Hoje

O Orçamento do Estado para 2018 deverá trazer um aumento de 1,5% no imposto pago pelos refrigerantes. De acordo com a versão preliminar do documento, que prevê um aumento de imposto para a cerveja, bebidas espirituosas e licores, poderá existir também uma nova forma de taxar os concentrados consoante o teor de açúcar.

O Governo pretende taxar a 8,34 euros por hectolitro (100 litros) as bebidas cujo teor de açúcar seja inferior a 80 gramas por litro e a 16,69 euros por hectolitro as bebidas cujo teor de açúcar seja igual ou superior a 80 gramas por litro.

Uma alteração que representa um aumento de 1,5% sobre o imposto pago pelos refrigerantes.