Retalho

Forum Sintra e Montijo mudam para Alegro

Forum Sintra e Montijo mudam para Alegro

A Ceetrus Portugal, empresa proprietária e gestora de centros comerciais, vai proceder ao rebranding da sua marca de centros comerciais Alegro e transformar os centros Forum Sintra e Forum Montijo para Alegro Sintra e Alegro Montijo.

“O rebranding da marca Alegro vai ser acompanhado pela apresentação de uma nova identidade visual, mas também uma nova assinatura e posicionamento da marca, que perfaz atualmente 12 anos de existência – tendo sido criada exclusivamente para o mercado português com a abertura do Centro Comercial Alegro Alfragide”, explica a Ceetrus numa nota enviada às redações esta quinta-feira (18 de julho).

O rebranding irá dividir-se em duas fases, sendo que a primeira, em curso, prevê um alinhamento dos espaços físicos face ao novo posicionamento Alegro e às expetativas dos clientes, depois de uma fase inicial de escuta exaustiva nos novos Alegro Sintra e Alegro Montijo. A segunda fase, agendada para setembro, trará a público a nova imagem visual da marca Alegro, incluindo a atualização das fachadas, bem como a conclusão do leque de intervenções programadas na primeira fase.

Filomena Conceição, Diretora de Marketing, Inovação e Digital da Ceetrus Portugal, acrescenta que “este rebranding Alegro está totalmente alinhado com a missão da Ceetrus Portugal, ‘We link people by creating sustainable, smart and lively places to brighten up everyday life’, tornando estes espaços em locais de vida mais dinâmicos, confortáveis e inteligentes. A marca Alegro sabe que a vida está cheia de motivos para sorrir e quer envolver os Clientes com esta forma de estar. Portanto vem aí uma marca renovada, que se assumirá como um intensificador de felicidade na vida de todos, e que será transversal a todos os nossos espaços comerciais de média/grande dimensão. O nascimento do Alegro Sintra e Alegro Montijo, marca um ano de propriedade e gestão da Ceetrus nestes dois ativos, o que constitui para nós mais um motivo de orgulho pela visão que incutimos para ambos os espaços.”