Quantcast
Sustentabilidade

Mercadona reduz consumo energético em 39,7 milhões de kWh

O consumo de energia elétrica da Mercadona durante 2019 e 2020 foi reduzido em 39,7 milhões de kWh, no âmbito do Sistema de Gestão Ambiental.

O consumo de energia elétrica da Mercadona durante 2019 e 2020 foi reduzido em 39,7 milhões de kWh, com taxas de consumo por m3 de mercadoria que chega à loja de 57,6 e 58,5 kWh em 2020 e 2019, respetivamente, frente aos 61,5 kWh de, 2017, por exemplo. Em comunicado, a insígnia refere que esta redução surgiu no âmbito do seu Sistema de Gestão Ambiental, que se baseia em quatro áreas: logística sustentável, eficiência energética, produção e consumo sustentáveis; e redução e gestão de resíduos.

Ao nível da eficiência energética, a cadeia de retalho também instalou em 2020 mais de 1.400 painéis solares distribuídos em 8 centros entre Espanha e Portugal, tendo um total de 9.000 painéis solares ativos. Aliado a isso, encerrou 2020 um total de 1.020 “Lojas 8” (modelo de loja ecoeficiente), o que implica “uma redução de 40% no consumo de energia em relação a uma loja convencional”.

 

Ainda nesta área, instalou 1.433 pontos de carregamento de veículos elétricos nos seus parques de estacionamento e melhorou o sistema de prevenção e controle de fugas de gás refrigerado, reduzindo as emissões causadas pelas fugas de 14,3% em 2017 para 6,93% e 5,61% em 2019 e 2020, respetivamente.

Logística sustentável

No final de 2020, a empresa conseguiu alcançar os seguintes marcos a nível logístico:

  • 99% da sua frota cumpre com o padrão de motor Euro VI
  • 103 camiões movidos a gás natural (GNL e GNV)
  • Logística silenciosa fora das horas de ponta num total de 777 lojas
  • Índice de preenchimento dos seus camiões de 85%

Recorde-se que a Mercadona juntou também à iniciativa internacional Lean&Green, promovida em Espanha pela AECOC. Como consequência, está a trabalhar num Plano de Ação para Redução de Emissões com o qual poderá certificar uma redução inicial de 20% de suas emissões logísticas entre 2015 e 2019, à qual serão acrescidos mais 10% em 2023.

Gestão de resíduos e redução do plástico: a Estratégia 6.25

Em 2020, a Mercadona lançou a Estratégia 6.25, que possui seis ações para a redução do uso do plástico e gestão responsável dos seus resíduos para atingir um triplo objetivo até 2025: reduzir 25% do plástico nas embalagens; que todas as embalagens plásticas sejam recicláveis ​​e reciclar todos os seus resíduos de plástico.

Nesse âmbito, a empresa já eliminou os sacos de plástico de uso único ​​em todos as secções, bem como os descartáveis de ​​plásticos. Essas medidas permitiram reciclar, só em 2020, até 3.000 toneladas de plástico para a fabricação de sacos reutilizáveis ​​ou obter uma poupança de mais de 180.000 toneladas de materiais descartáveis por ano.

Compromisso com o meio ambiente e produção sustentável

No ano passado, a cadeia de retalho colaborou com mais de 290 cantinas sociais e 60 bancos alimentares, aos quais foram doadas um total de 17.000 toneladas de produtos em Espanha e Portugal.

Pode saber mais sobre a ação da empresa na recém-publicada “Memória Ambiental 2019-2020 da Mercadona”.