Quantcast
Retalho

Carne Angus Pingo Doce recebe certificação em produção livre de antibióticos

A carne nacional Angus Pingo Doce recebeu agora a certificação pioneira em produção livre de antibióticos, atribuída pela AENOR.

A carne nacional Angus Pingo Doce recebeu agora a certificação pioneira em produção livre de antibióticos, atribuída pela AENOR, após ter obtido recentemente a certificação em bem-estar animal.

Em comunicado, a insígnia explica que, para esta certificação, contribuíram “diversos fatores que estão na base das boas práticas de produção animal, começando, desde logo, pela formação de toda a equipa; pela melhoria das condições de conforto e bem-estar dos animais; pela alimentação de qualidade e adequada a cada fase de crescimento; e pela presença constante de uma equipa de médicos veterinários que supervisionam o estado de saúde dos animais”.

 

A diretora de marketing do Pingo Doce, Maria João Coelho, afirma que “esta certificação é mais um passo no compromisso do Pingo Doce com o bem-estar animal e com as práticas de produção sustentáveis, sendo, mais uma vez, a cadeia pioneira a oferecer ao consumidor um produto inovador que promove o máximo respeito pelos animais”.

A carne Angus do Pingo Doce tem origem nas explorações da Best Farmer (empresa do Grupo Jerónimo Martins), localizadas no Cartaxo, em Manhente e em Monte Trigo.