Nutrição

Nestlé quer redução de açúcar de 5% nos seus produtos até 2020

A Nestlé quer reduzir pelo menos 18 mil toneladas de açúcar nos seus produtos alimentares do mercado europeu até 2020, um valor que corresponde a uma redução de cerca de 5%. Numa nota enviada às redações, a companhia refere que pretende apoiar a Comissão Europeia e os Estados-Membros que estão a desenvolver planos de ação na otimização nutricional dos produtos alimentares.

Este compromisso foi anunciado pela empresa no âmbito de uma conferência sobre obesidade infantil organizada pela Comissão Europeia. Marco Settembri, Vice-presidente Executivo da Nestlé e Diretor para a Zona EMENA (Europa, Médio Oriente e Norte de África), salientou a importância da alimentação saudável. “Quando uma em três crianças tem excesso de peso ou é obesa, é evidente que temos de fazer mais para oferecer escolhas mais saudáveis e ajudar a promover um estilo de vida ativo”, defendeu.

Há já vários anos que a Nestlé investe no desenvolvimento e criação de produtos mais saudáveis. Nos últimos três anos, por exemplo, a companhia cortou 11 300 toneladas de açúcar nos seus produtos comercializados na Europa.

Recentemente, a empresa revelou também que encontrou uma forma diferente de “estruturar” o açúcar que vai permitir uma redução significativa dos níveis deste ingrediente em produtos de confeitaria sem alterar o sabor natural.

De acordo com Marco Settembri, “os produtos da Nestlé representam apenas uma pequena percentagem dos produtos alimentares nas prateleiras. Se queremos educar as preferências dos consumidores, precisamos que toda a indústria, incluindo as marcas próprias, participe neste desígnio.”

1 Comment