Economia

Covid-19: Trabalho a partir de casa é hipótese para maioria em caso de epidemia

Covid-19: Trabalho a partir de casa é hipótese para maioria em caso de epidemia

Os dados de um estudo realizado pela multidados.com – the research agency –, em parceria com a Guess What, indicam que 79,6% dos inquiridos consideram trabalhar a partir de casa, no caso de se verificar a epidemia de Covid-19 no país, e 70,4% referem estar preparados para reforçar as compras para casa. Ainda, 63,2% admitem deixar de ir a eventos num futuro próximo.

O estudo procurou avaliar ainda o nível de conhecimento dos cidadãos nacionais sobre este tema. Da totalidade dos inquiridos, 87,5% consideram-se esclarecidos sobre o Covid-19 e uma percentagem ainda maior afirma conhecer os sintomas (92,1%). Contudo, apenas 27% identificaram o cansaço como sintoma e 24,3% identificaram as dores musculares.

Em caso de suspeita de infeção, 71,8% referem que o comportamento a adotar é ligar para a Linha de Saúde 24 e 61,3% assume o isolamento. Porém, um em cada cinco (20,5%) inquiridos admite recorrer ao hospital e 19,9% referem o uso de máscaras, duas situações desaconselhadas pelos especialistas.

Apesar do volume de notícias sobre o tema, 52,6% dos inquiridos não se sentem alarmados e a maioria (70,4%) está confiante nas informações prestadas pelas autoridades de saúde.