CHEP Revolucionando a Cadeia de Abastecimento

Soluções na primeira milha: segurança, qualidade e eficiência

 

Usa a foto que vai em anexo

Na CHEP procuramos conectar pessoas com os bens essenciais que estas necessitam para as suas vidas, todos os dias. Trabalhamos com produtores, distribuidores e retalhistas, e acompanhamos todos os movimentos na cadeia de abastecimento. E é na primeira milha que devemos assegurar o maior cuidado e controlo.

A primeira milha é o ponto de partida da cadeia de abastecimento. Na CHEP sabemos como nesta etapa o risco de contaminação durante o transporte, armazenamento e manuseamento de matérias-primas e materiais de embalagem, tem que ser minimizado e, para isso, é necessário cumprir elevados padrões de segurança e higiene. Principalmente em indústrias como a alimentar, há uma grande necessidade de evitar ao máximo o desperdício, reduzir custos e atrasos.

Esta etapa da cadeia de abastecimento comporta alguns desafios. A higiene e prevenção de contaminação ou de danos são desafios primários na indústria de matérias-primas e de materiais de embalagem. Evitar riscos de farpas ou poeiras no produto transportado é crucial para assegurar a segurança alimentar.

Outro grande desafio na primeira milha da cadeia de abastecimento são os padrões de qualidade – os programas de certificação como o IFS e o BRC têm requisitos rígidos e envolvem auditorias regulares, complexidade essa que se estende ao longo de toda a cadeia de abastecimento da indústria alimentar. A minimização dos custos e a eficiência são o derradeiro desafio: as questões relacionadas com a segurança alimentar e as certificações de qualidade são muitas das vezes fontes de custos e de algumas ineficiências, devido à falta de standardização na cadeia de abastecimento. Essa falta de standardização requer atividades adicionais na primeira milha como a inspeção, re-paletização, e manuseamento dos equipamentos recebidos de fornecedores nas unidades de produção.

Ao preparar soluções para a cadeia de abastecimento, temos sempre em conta uma premissa base: cada etapa desta cadeia é diferente e necessita de produtos e soluções adequados aos desafios que se colocam. Na CHEP, quando pensamos em soluções para a primeira milha, pensamos em eficiência. Eficiência para superar os desafios que esta etapa coloca: cumprir regulamentos de segurança alimentar, desenvolver boas práticas de produção, gerir a procura sazonal, maximizar a eficiência do manuseamento e minimizar o risco de contaminação de matérias primas e materiais de embalagem.

As soluções da CHEP para a primeira milha incluem paletes de plástico dimensões 1200×800 e 1200×1000, que permitem transportar as matérias-primas, produtos semi-acabados e embalagens para as áreas de produção sem que seja necessária uma nova re-paletização dos produtos. Disponíveis em 30 países da Europa, as nossas paletes são testadas de acordo com padrões ISO, para garantir uma performance de topo e assegurar a qualidade do transporte na primeira milha da cadeia de abastecimento. Feitas de plástico virgem, estas paletes são ideais para produtos alimentares, não tendo pregos, extremidades afiadas ou farpas. As superfícies lisas evitam a acumulação de humidade, pó, alergénios ou líquidos, reduzindo o risco de contaminação e assegurando a higiene do transporte.

A CHEP é responsável pela gestão, manutenção, reparação, limpeza e logística do equipamento, permitindo que os clientes se foquem no seu negócio e que apenas paguem pelo que utilizarem. As Soluções da Primeira Milha da CHEP ajudam as empresas da indústria de processamento alimentar e oferecem a melhor cobertura para os fluxos domésticos e internacionais dos clientes.

Por: Filipa Ferreira Mendes, Country General Manager 

Artigo patrocinado por   Chep