Produção

Adega da Azueira lança dois vinhos inspirados no século XVIII

Adega da Azueira lança dois vinhos inspirados no século XVIII

A Adega Cooperativa de Azueira lançou esta semana dois vinhos inspirados no século XVIII – o Reserva D. João V e o Capricho do Rei. De acordo com o produtor, estes vinhos pretendem “honrar a sumptuosidade e requinte dos banquetes do Rei”.

José João Moreira, presidente da Adega de Azueira, sublinha que “o lançamento no mercado dos vinhos Capricho do Rei e D. João V, precisamente no mês em que completamos o nosso sexagésimo aniversário, é o reflexo desta missão que assumimos diariamente e o resultado de um caminho que temos vindo a percorrer ao longo dos últimos dois anos, no sentido de nos tornarmos cada vez mais competitivos, no mercado externo”.

O Reserva D. João V será disponibilizado nas versões tinto e branco e o Capricho do Rei é um vinho tinto produzido com uvas da casta Syrah.

A comemorar 60 anos, a Adega da Azueira produz, anualmente, cerca de 10 milhões de litros de vinho, 85% tinto e 15% branco, contando com 400 sócios ativos e uma área de produção que ronda os 1200 hectares.