Quantcast
Produção

Meatless Farm lança subsidiária para produção de proteína vegetal

A Meatless Farm lançou a subsidiária Lovingly Made Ingredients (LMI), dedicada em exclusivo à produção de proteína vegetal.

A Meatless Farm – marca com produtos à base de plantas – aposta em subsidiária dedicada em exclusivo à produção de TPP (acrónimo para Textured Plant Protein – “proteína vegetal texturizada”), a Lovingly Made Ingredients (LMI).  Em comunicado, a empresa revela que esta decisão tem como objetivo “assegurar o abastecimento dos produtos”, assim como “produzir, também, TPP customizada para outras marcas”.

A Lovingly Made Ingredients instalou a sua fábrica Calgary, na província de Alberta, no Canadá. As instalações representam, até ao momento, um investimento de mais de 10 milhões de euros. De acordo com a Meatless Farm, é a primeira fábrica de produção de proteína vegetal, de grande escala, a instalar-se no Canadá.

A unidade terá capacidade para produzir 6.000 toneladas de ingredientes de proteína vegetal, no primeiro ano de funcionamento. A perspetiva é que esta produção aumente para as 14.500 toneladas, até 2023. Os diferentes blends de proteína vegetal ali produzidos serão, posteriormente, vendidos a terceiros sob a marca Lovingly Made Ingredients.

“A Meatless Farm deu os primeiros passos, há menos de cinco anos, na mesa da minha cozinha. É, por isso, incrível ver-nos a abrir um espaço desta dimensão. Esta é apenas uma prova da importância deste setor, cujo ritmo de crescimento global apresenta inúmeras oportunidades, como a de podermos partilhar a nossa experiência e a nossa inovação com outros parceiros”, comenta o fundador da empresa, Morten Toft Bech.

Sustentabilidade na unidade industrial

A unidade industrial vai implementar medidas de redução do uso de água e energia, que vão permitir “diminuir em 50 por cento os gastos de água e energia, comparativamente à média atual da indústria”. Entre as medidas estão processos como o aproveitamento da água da chuva. O objetivo é, já no primeiro ano, fixar-se nas zero emissões de carbono para a atmosfera, em toda a cadeia de abastecimento.

Esta nova subsidiária representa uma etapa para a estratégia de negócios da Meatless Farm, que passa por controlar a produção “desde o prado até ao prato”, a fim de garantir uma cadeia de abastecimento segura e sustentável.