Produção

Já são conhecidos os finalistas do programa de incubação de startups da PepsiCo

Já são conhecidos os finalistas do programa de incubação de startups da PepsiCo

A PepsiCo já selecionou as dez startups que irão integrar a nova edição do seu programa de incubação de empresas nas áreas da nutrição, saúde e bem-estar – o Nutrition Greenhouse. De acordo com a multinacional, a iniciativa irá oferecer aos dez finalistas um subsídio de 20 mil euros e acesso a mentores e especialistas da PepsiCo.

Na edição deste ano, as startups finalistas são:

  • A1C Foods (Ramat Gan, Israel): alimentos com baixo teor de hidratos de carbono, como chocolate, pão e sorvete, usando uma fórmula projetada para reduzir o índice glicémico sem o uso de adoçantes artificiais;
  • Agrasys (Barcelona, Espanha): a empresa por trás do Tritordeum, um cereal mediterrânico feito a partir de uma combinação de trigo duro e cevada silvestre, com benefícios nutricionais e agronómicos adequados a uma ampla variedade de alimentos e bebidas à base de cereais;
  • Gryö (Paris, França): snacks biológicos feitos com proteínas alternativas, incluindo algas e proteínas vegetais;
  • Le Petit Béret (Béziers, França): vinho não alcoólico produzido sem fermentação, conservantes ou sulfitos. Desenvolvido em parceria com institutos de investigação agroalimentar e o sommelier de vinhos, Dominique Laporte;
  • Nibble Protein (London, Reino Unido): barras isentas de proteínas, glúten e produtos lácteos feitos com menos açúcar. Adequadas para dietas vegans e diabéticas;
  • Revolicious (London, Reino Unido): leite pronto a consumir e batidos sem glúten, feitos com base 100% natural de leite de coco, banana e sementes de linho misturados com frutas e vegetais;
  • Rokit Pods (SCEV) (Oxfordshire, Reino Unido): cápsulas de bebidas biológicas, vegan-friendly compatíveis com uma variedade de máquinas de café, contendo ingredientes tendência, incluindo matcha, erva-mate, ginseng, maca e goji;
  • The Sprouted Grain Company (Ramat Gan, Israel): grãos germinados, cereais integrais, leguminosas, farinhas, nozes e sementes nutricionalmente superiores e um prazo de validade longo;
  • Welldrinks (Sofia, Bulgária): é uma nova marca de bebidas funcionais, feita pela combinação de colagénio hidrolisado com vitaminas e minerais para uma hidratação inteligente e saudável;
  • Yofix (Ashdod, Israel): alternativas de produtos lácteos fermentados vegans e isentos de soja;

De acordo com a PepsiCo, “os finalistas deste ano foram escolhidos com base na qualidade e posicionamento do produto, foco em saúde e bem-estar e modelo de negócios escalável.” O vencedor será a empresa que “demonstrar a abordagem de mercado mais escalável e sustentável até ao final do programa”, e receberá um financiamento de 100 mil euros.