Produção

Coca-Cola Portugal promete reduzir açúcar das suas bebidas em mais 12% até 2020

Coca-Cola Portugal promete reduzir açúcar das suas bebidas em mais 12% até 2020

Focada em colocar o consumidor no centro da sua estratégia de negócio, a Coca-Cola Portugal anunciou esta terça-feira (31 de outubro) que irá fazer, em Portugal, uma nova redução no teor de açúcar por litro na sua oferta total de bebidas. Num encontro com a imprensa, Tiago Santos Lima, Diretor de Relações Externas da Coca-Cola Portugal, revelou que o compromisso é de uma redução de mais 12% até 2020.

“Percebemos que o mundo está em mudança, que temos que nos adaptar e que responder às necessidades dos consumidores (…) Reconhecemos que a saúde é uma preocupação, assim como o consumo em excesso de açúcar, e vamos estar atentos às necessidades dos consumidores”, revela Tiago Santos Lima.

No âmbito desta estratégia da companhia, está também a aposta num portefólio de bebida completo, “capaz de oferecer aos consumidores uma alternativa para cada momento e estilo de vida”, acrescenta.

Em Portugal, a Coca-Cola conta neste momento com uma oferta de nove marcas, em nove categorias distintas, num total de 100 referências de produto, 28 das quais sem açúcares adicionados, uma aposta que começou há 29 anos atrás.

Rafael Urrialde, Diretor de Nutrição e Saúde da Coca-Cola Ibéria, recorda que a empresa procura apoiar “as recomendações da OMS em manter abaixo de 10% a contribuição de calorias provenientes do açúcar adicionado, oferecendo opções com menos açúcar ou sem açúcar adicionado para que o consumidor possa escolher a opção que melhor se adapta a cada ocasião de consumo”.

Nesse sentido, a Coca-Cola está a trabalhar na composição das suas bebidas para reduzir ou até mesmo eliminar o teor de açúcar: desde 2000 a empresa já conseguiu uma redução de 23% em Portugal, onde produz 95% daquilo que é vendido no país. Até 2020 a meta passa por uma nova redução de mais 12%.

Mas as mudanças não vão fazer-se sentir apenas dentro da garrafa. Para fora da garrafa, a Coca-Cola está a preparar a introdução do sistema de ‘semáforo’ já utilizado pela indústria noutros países com o objetivo de ajudar o consumidor a fazer uma escolha de consumo mais informada. De acordo com o Diretor de Relações Externas da Coca-Cola Portugal, a ideia está a ser trabalhada pela marca em conjunto com outras cinco empresas da indústria da alimentação e bebidas [Unilever, Mars, Mondelez, Nestlé e Pepsico] e deverá ser implementada nas suas embalagens já no próximo ano.

Tiago Santos Lima avançou ainda que em breve poderão chegar ao mercado português novos produtos e novas categorias, sublinhado, no entanto, que “ainda não queremos falar sobre isso”.