Quantcast
Economia

Preços dos alimentos cai globalmente pelo quinto mês consecutivo

Preços dos alimentos cai globalmente pelo quinto mês consecutivo

Os preços dos alimentos a nível global caíram pelo quinto mês consecutivo, revelou a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). A queda entre julho e agosto foi de 1,9%. Apesar das quedas consecutivas, o índice continua 7,9% acima do valor registado no período homólogo.

No caso dos cereais, o índice de preços desceu 1,4% motivado pela queda nos preços do trigo mundial em 5,1%. A FAO explica que se deve a melhorias nas previsões da produção norte-americana e russa e à retoma das exportações pela Ucrânia.

 

Nos óleos vegetais, o índice recuou 3,3% em relação a julho, atingindo um nível ligeiramente inferior ao registado em agosto de 2021. Enquanto o preço do óleo de soja aumentou face às condições meteorológicas desfavoráveis nos Estados Unidos da América (EUA), os óleos de palma, girassol e colza registaram quebras de preço que compensaram.

O preço dos lacticínios caiu 2% em agosto, mas manteve-se 23,5% acima ao valor no ano passado. O índice do preço da carne teve uma quebra de 1,5%, mas continua superior em 8,2%.