Quantcast
Férias

Há mais portugueses a quererem fazer férias no estrangeiro

férias Distribuição Hoje

Portugal ainda é o destino de férias preferido para 81% dos portugueses que planeiam fazer férias fora do seu local de residência, contudo, este ano as intenções de fazer férias no estrangeiro aumentaram ligeiramente face ao período homólogo, para 15%. A conclusão é do mais recente estudo do Observador Cetelem, que revela que Espanha é o destino principal dos que passam férias fora de Portugal, seguindo-se Inglaterra e Brasil.

“No total, 56% dos portugueses planeia passar férias fora de casa, em Portugal ou no estrangeiro, uma subida em relação a 2015 (50%). Simultaneamente, o número de portugueses que não vai de férias por não ter disponibilidade financeira diminuiu para 25%, em comparação com 31% no ano anterior”, indica o estudo.

O estudo agora publicado mostra também que para 64% dos portugueses que fazem férias em Portugal é comum viajar sem fazer reservas. Os que vão para outros países, por sua vez, optam pelas agências de viagens (46%) para fazer as suas reservas, enquanto 36% faz as reservas através de plataformas online como o Booking. Apenas 10% faz a reserva das viagens diretamente com a companhia aérea e 8% opta por não fazer reservas.

“Grande parte dos portugueses que passam férias no país fica em casa de familiares, amigos ou nas suas próprias residências secundárias, o que justifica a percentagem elevada de pessoas que não faz reservas. Já as agências de viagens são uma opção cómoda e segura para quem vai para o estrangeiro. Ainda assim, já muitos consumidores optam por reservar diretamente as viagens e o alojamento online”, refere Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.