Quantcast
Consumo

98% dos portugueses preferem comprar em saldos e promoções

consumidores

98% dos portugueses preferem realizar compras em saldos e promoções. A conclusão é do mais recente estudo do IPAM, que quis avaliar a evolução do comportamento dos consumidores nacionais depois da alteração ao quadro legal que permite fazer saldos em qualquer altura do ano.

Este verão, os portugueses pretendem gastar, em média, 164 euros em saldos e promoções, um valor semelhante ao de 2015: 83% pretendem gastar o mesmo que no ano anterior e 14% revela que quer gastar menos. Apenas 3% dos inquiridos indica que irá gastar mais nos saldos este verão.

Ainda assim, segundo o IPAM, existe ainda “um desconhecimento do consumidor sobre a distinção entre saldos e promoções”, com 60% dos consumidores a revelar que não sabe a diferença entre ambos os conceitos.

“Os preços apelativos são o motivo apontado pela maioria dos inquiridos para efetuar compras em promoções e saldos (89%). O que contrasta com apenas 1% dos inquiridos, que afirma não efetuar compras em nenhum dos casos, devido à falta de qualidade dos produtos disponíveis e de oferta de produtos e preços pouco apelativos”, revela.

As Roupas (100%) e os Sapatos (79%) são os produtos que os consumidores portugueses mais compram em promoções e saldos e têm como principal destino o próprio (95%), seguido dos filhos (65%) e do cônjuge (38%).