Produção

Dona da Paladin duplica faturação em cinco anos

Paladin - linha de enchimento

A Mendes Gonçalves, empresa que detém a Paladin, cresceu de um volume de negócios de 14,5 milhões de euros para um volume de negócios de 30 milhões de euros em cinco anos. De acordo com a empresa, este crescimento foi acompanhado pela criação de cerca de 150 postos de trabalho, contando agora a empresa com um total de 250 funcionários.

Segundo a empresa, “uma parte deste sucesso deve-se à Paladin, uma marca que a Mendes Gonçalves lançou em 2013 para concorrer com as multinacionais no mercado nacional e internacional.”

Carlos Gonçalves, Administrador da companhia, salienta que “desde o lançamento, a Paladin cresceu 300% em vendas, dos quais 1/3 fruto da internacionalização. Estamos em mais de 30 países e queremos continuar a crescer e a levar o ‘gosto português’ às cinco partes do mundo.”

Uma das apostas da empresa tem sido sobretudo a Investigação e o Desenvolvimento de produtos. “Desenvolvemos, por ano, em laboratório, cerca de meia centena de novos produtos, que possam resultar em experiências gastronómicas diversificadas, para consumidores exigentes”, refere Carlos Gonçalves. Um desses exemplos é o vinagre em spray ou os piri-piri com fruta da Sacana, que foram distinguidos com o segundo lugar nos Gulfood Awards.