Quantcast
 

Dilma Rousseff veta venda de medicamentos em supermercados

Dilma Rousseff veta venda de medicamentos em supermercados

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, proibiu a venda de medicamentos que não precisam de prescrição médica nos supermercados, armazéns e lojas de conveniência naquele país. 

Segundo o portal brasileiro Varejo, em causa está a dificuldade de controlo da comercialização, a automedicação e o uso indiscriminado dos fármacos que levaram à sua proibição de venda.

A Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias) e o Conselho Federal de Farmácia estão contra esta medida, tendo já alertado para a possibilidade do aumento de casos de automedicação, colocando em risco a saúde do consumidor.

 

O veto foi publicado em Diário Oficial da União, a 18 de maio. 

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever